Monte sinai – Egito Egypt

Minha experiência na subida ao Monte Sinai mas de uma forma diferenciada.

Não é um post sobre #trip e nem #diariodeviagem é apenas a minha experiência de alma e de coração em dias em que eu estava com meu coração imensamente angustiado mas que em contrapartida estava lá, fazendo a viagem da minha vida ao EGITO e a TERRA SANTA – ISRAEL

Como fui parar lá? Primeiro que prometi a Deus que a 1° viagem astronômica que eu tivesse condições financeiras de pagar, seria ir para ISRAEL por todo contexto bíblico etc.. 2° que quando consegui o $$ comecei a pesquisar minha ida (sozinha) então, procurei em todo google, contatos, indicações possíveis até que cheguei em uma agencia de viagem de SC. Pois bem, tomando todas as devidas providencias lá fui eu em meio a uma caravana de praticamente 15 casais (tirando eu e mais umas 3 pessoas sozinhas) restante eram todos casais com uma média acima dos 50 anos.. ou seja, eu era a precoce da turma! Foi muito bacana pelo aprendizado e convívio com todas aquelas pessoas da caravana com historias tão distintas e tudo mais, porém eu tinha um agravante entre toda aquela caravana.. eu estava com o coração despedaçado e ao mesmo tempo cheio de amor e fé.. difícil entender né? pois bem, foi assim, 2 dias antes de subir ao monte sinai a caravana e guias responsáveis pela viagem fazem algumas recomendações como:

  • Pessoas hipertensas
  • Diabéticas
  • Problemas de coração ou de saúde muito frágil

Recomendamos que não subam ao monte, porque? Porque é com certeza a subida mais difícil da minha vida e de muitas outras pessoas que já subiram (já já falo sobre a caminhada) mas tem n questões pessoal.. altitude, frio, uma escadaria de 7 mil degraus.. partes muito íngremes etc..

Eu sou prova viva mesmo tendo uma ótima saúde quando estava próximo a chegada, meu corpo eu que peso 56kg com 1:68 de altura em meio ao nada no ápice da altura, meu corpo chorava sem ter mais forças para subir e só conseguir terminar por 2 motivos: 1 – não tem como voltar para trás quando já esta lá próxima a chegada (o caminho é feito por uma fila indiana de madrugada, ou seja, não como voltar pois atrás de você tem inúmeras outras pessoas e caravanas e o espaço é estreito) 2 – comecei a chorar e 2 homens (pastores) que estavam comigo e que por sinal nós 3 de toda a caravana fomos os primeiros a subir (de toda a minha caravana uma média de quase 30 pessoas.. 15 resolveram madrugar as 3 da manhã (saindo do hotel) e apenas 7 conseguiram chegar até o final.. é difícil gente…

O que me fez passar por todo esse sacrifício? Um proposito, uma fé.. eu imaginei que Deus vendo aquele meu sacrifício todo fosse me responder assim que descesse (sério pensei mesmo) eu mais parecia uma sarça viva de tanta fé, fogo que exalava..

O que levei na subida: Fé rs.. vamos lá: Levei nomes de pessoas queridas, pessoas que me pediram oração.. levei roupas de 2 pessoas importantíssimas para mim e com causas especiais e fotos! (além de agua, celular e blusa de frio) Vocês não fazem ideia do frio que é o lugar, frio de bater queixos, de chorar, de doer ossos (não é drama tá) me arrependi muito de não ter comprado as cobertas que vem no inicio da subida (tem vendedores digamos assim que vendem)

Sobre a caminhada e a subida: Confesso a vocês que irão subir o monte em algum momento da vida e estão lendo isso agora: Curtam, desfrutem o caminho.. a trajetória.. estejam em espirito de oração, conversem com Deus durante toda a caminhada do monte sinai mas também desfrutem mesmo no escuro de cada experiência (não tirei fotos do trajeto, pois embora vc esteja sendo guiado por pessoas locais, é um trajeto extremamente perigoso e tive medo de ficar tirando o celular toda hora) mas assim tem beduínos por todo o caminho ou com suas casas nômades ou vendendo produtos (desde cafés, agua e todo suprimento necessário para a subida até pessoas bem interessantes.. o durante é fantástico e vale a pena mais focar no durante do que até mesmo no próprio monte..

Já o Monte, é belíssimo no nascer do sol pois você olha em volta e vê todo aquele rochedo e céu (dá medo) a única coisa que você pensa é.. como vou voltar, descer já que seu corpo não tem força nenhuma depois aproximadamente 3,4 horas de subida e você no máximo 1 hora para ficar no monte e já descer pois, como se diz é um monte e tem trocentas outras pessoas também querendo orar, clamar iguais a você.

Eu chorei tanto tanto naquele monte, eu clamei, eu pedi, eu solicitei, eu pedi por todo amor que Deus tivesse a mim.. é exagero? talvez, mas não subi ao monte sinai por turismo em momento algum, até porque quem me conhece sabe o quanto sou preguiçosa em viagem e o quanto zelo conforto x aventura. Foi por Fé PURA E REAL EM DEUS. lembram que eu falei que meu coração estava destroçado por conta de frustação e decepção muito forte que tive alguns meses antes? pois bem, por outro lado ele estava aquecido e cheio de amor e fé novamente.. e subi unicamente nesse proposito um novo AMOR e uma NOVA FÉ a partir daquele momento.. sabe aquele versículo: Em lugar da vossa vergonha, tereis dupla honra; em lugar da afronta, exultareis o dobro e tereis perpétua alegria” (Isaías 61:7). Pois é exatamente o que pedi ao Senhor em cada lagrima que derrubei naquele monte e digo a vocês, eu desci com uma única certeza.. DEUS NÃO FICA DEVENDO NADA A NINGUÉM nem a nós reles  mortais, ele honra, atende de acordo com nosso sacrifício. Hoje faz 2 anos e pouco que voltei do Sinai – O maior sacrifício da minha vida e até agora o que pedi a Deus lá, ainda não aconteceu.. aconteceram coisas maiores e melhores, mas aquele pedido ainda não.. mas não atribulo o meu coração porque Ele é justo juiz e tenho certeza que no momento certo tudo acontecerá da forma dele e quando eu estiver pronta para receber.

Subi ao monte sinai assim como estive 10 dias em Israel, me batizei no Rio Jordão e fiz uma boa tarde de muitas experiências contidas na bíblia como me agarrar a figueira do Getsemani e ali levantar inúmeros louvores e clamores. Pretendo retornar a Israel entre 2021 e 2022 novamente, sim novamente! Explico o porquê.. é como falei, quando estive lá era uma pessoa e hoje sou outra, mudei muito, amadureci muito na fé e hoje iria com outra mentalidade, sabedoria e fé!

 

Deixe seu Comentário